Assista

Menu

Paris Vive à Noite (1961)

Paris Blues (1961) on IMDb 

"Paris Blues"

Direção: Martin Ritt
Duração: 98 minutos
Gênero: Drama l Música l Romance
Países de Origem: Estados Unidos da América

Há 80 quilômetros da cidade de Nova York, no estreito de Long Island, está a pacata Dois músicos de jazz americanos, Ram Bowen (Paul Newman) e Eddie Cook (Sidney Poitier), escolheram exercer suas carreiras em Paris. Lá eles conhecem duas americanas, Lillian Corning (Joanna Woodward) e Connie Lampson (Diahann Carroll), que estão em férias. Eles se apaixonam por elas e são correspondidos, no entanto elas exigem que eles retornem aos Estados Unidos se desejam algo mais sério. Assim eles se vêem obrigados a avaliar o modo de vida deles e suas carreiras, para então poderem comparar com o amor que sentem por elas.

Elenco

Paul Newman as Ram Bowen
Joanne Woodward as Lillian Corning
Sidney Poitier as Eddie Cook
Louis Armstrong as Wild Man Moore
Diahann Carroll as Connie Lampson
Barbara Laage as Marie Séoul
André Luguet as René Bernard
Marie Versini as Nicole
Moustache as Mustachio the drummer
Aaron Bridgers as Pianist
Guy Pederson as Bass Player
Serge Reggiani as Michel "Gypsy" Devigne
Emilien Antille as Man with alto sax in jazz cave when Armstrong enters
Roger Blin as Fausto the moor
Charles Bouillaud as Luggage carrier in train
Curiosidades

- Este é o 2º de 6 filmes em que o diretor Martin Ritt e o ator Paul Newman trabalharam juntos. Os demais foram O Mercador de Almas (1958), As Aventuras de um Jovem (1962), O Indomado (1963), Quatro Confissões (1964) e Hombre (1967).

- Este é o último de 4 filmes em que o diretor Martin Ritt e a atriz Joanne Woodward trabalharam juntos. Os demais foram A Mulher do Próximo (1957), O Mercador de Almas (1958) e A Fúria do Destino (1959).

Prêmios e indicações
Oscar 1962 (EUA)

Indicado na categoria de melhor trilha sonora.

Grammy 1962 (EUA)

Indicado na categoria de melhor trilha sonora - televisão/cinema.


comentário(s) pelo facebook:

Um comentário:

  1. Paris anos 60 , jazz anos 60 , tudo de bom ! E ainda tem Paul Newman e Sidney
    Poitier ... Ótimo filme , saudade grande de todos esses artistas , desses anos
    dourados ...

    ResponderExcluir