Assista

Menu

A Marca da Maldade (1958)

 A Marca da Maldade
(1958) on IMDb  

"Touch of Evil"

Direção: Orson Welles
Duração: 95 minutos
Gênero: Crime l Drama l Film-Noir
Países de Origem: Estados Unidos da América

Ao investigar um assassinato, Ramon Miguel Vargas (Charlton Heston), um chefe de polícia mexicano em lua-de-mel em uma pequena cidade da fronteira dos Estados Unidos com o México, entra em choque com Hank Quinlan (Orson Welles), um corrupto detetive americano que utiliza qualquer meio para deter o poder.


Elenco
  • Charlton Heston as Ramon Miguel Vargas
  • Janet Leigh as Susan Vargas
  • Orson Welles as Hank Quinlan
  • Joseph Calleia as Pete Menzies
  • Akim Tamiroff as Uncle Joe Grandi
  • Joanna Cook Moore as Marcia Linnekar
  • Ray Collins as District Attorney Adair
  • Dennis Weaver as the Night Manager
  •  Marlene Dietrich as Tanya
  • Val de Vargas as Pancho
  • Mort Mills as Al Schwartz
  • Victor Millan as Manolo Sanchez
Curiosidades

-A produção de A Marca da Maldade foi recheada de contratempos, que resultaram na demissão de Orson Welles e na reedição do filme de forma que ele ficasse diferente do que Welles havia planejado.

-Inicialmente, Orson Welles havia sido contratado apenas para trabalhar como ator em A Marca da Maldade. Entretanto, devido a um engano o ator Charlton Heston entendeu que Welles iria atuar e dirigir o filme. Para agradar a Heston, o produtor Albert Zugsmith resolveu então convidar Welles a também dirigir o filme.

-Após assumir a direção de A Marca da Maldade, Orson Welles passou a fazer profundas alterações no roteiro já pronto para o filme.

-Quando Orson Welles soube que A Marca da Maldade seria reeditado por ordem de seu produtor, ele escreveu uma carta a ele explicando como queria que o filme fosse editado. Durante anos se pensou que esta carta estivesse perdida, mas na verdade ela esteve com Charlton Heston, um dos atores principais do filme.

-Orson Welles foi demitido durante a pós-produção de A Marca da Maldade e o filme foi realmente reeditado de forma diferente à qual havia solicitado. Antes de sua morte, Welles deixou por escrito instruções sobre como gostaria que o filme fosse editado. Estas instruções foram seguidas em 1998, quando a Universal lançou uma nova versão de A Marca da Maldade, desta vez seguindo as regras estipuladas por Welles;

-A versão com a edição estipulada por Orson Welles possui 16 minutos a mais do que a versão que foi lançada nos cinemas em 1958;

-A atriz Janet Leigh quebrou seu braço esquerdo pouco antes do início das filmagens de A Marca da Maldade, mas pôde participar normalmente das filmagens. 

Prêmios e indicações

Feira Internacional de Bruxelas, 1958 - Prêmio de Melhor Filme 

comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário